Welcome to Sånn, a ready-made solution for showcasing your body of work in a truly captivating manner! It’s exactly what your projects have been waiting for all this time!

pesquisar
Margarida Ervedosa

Ser forte !

Cresci a ouvir “tens de ser forte”. Ouvi esta curta frase um sem número de vezes desde que me lembro de ser gente, nas mais variadas situações.

 

Mas o que é isso “ser forte”? 

 

Posso chorar?

Posso ter dias não?

Posso demonstrar o que sinto?

 

Tenho de ser forte para agradar a alguém?

Tenho sempre de sorrir?

Tenho de esconder as minhas verdadeiras emoções?

 

Pois bem, aprendi até agora que ser forte é uma escolha que me permite caminhar e avançar sem ter que me anular ou desligar-me de mim. Ser forte é algo de pessoal, único, uma forma de estar, de sentir, de transformar algo de menos bom em amor. Ser forte é o que permite manter o equilíbrio e a serenidade vivendo de forma plena.

 

Avançar. Nem sempre é fácil perante as intempéries da vida. O que fazer então? Ficar a arranjar desculpas, viver com remorsos e no passado, alimentar a desordem? Não! Assumo a responsabilidade dos meus actos e das consequências. Seguro com firmeza as rédeas da minha vida tirando os devidos ensinamentos com gratidão e sobretudo em consciência. Aceito a tempestade acreditando na bonança que virá depois. Ser forte é escolher andar para a frente.

 

Manter o controlo. É deveras fundamental pois se não o fizer, estou a dar a oportunidade a pequenas gentes de aproveitar o momento para me diminuir ou fazer mal. Controlar as emoções e as acções permite-me conhecer as minhas fraquezas e as minhas forças perante cada adversidade. Ser forte é saber quem sou.

 

Aderir à mudança. A mudança é um desafio que podemos aceitar ou recusar. Considero que a mudança faz parte da minha vida, na medida em que permito o surgimento de novas oportunidades. Submergir no medo da incerteza impede-me de viver plenamente feliz. Recuso parar depois da passagem do tornado. Ser forte é construir e transformar.

 

Positivar. Ser forte passa por positivar ao invés de centrar as minhas energias no queixume. É saber parar, analisar e aceitar as coisas que não posso controlar. Agir quando posso influenciar o rumo da vida. Ser forte é querer ver mais além do que a ponta do nariz.

 

Ter boas intenções. O mundo está cheio delas, dirão. Para mim, existem três pilares que sustentam as minhas acções perante mim e os outros: bondade, equidade e palavras certas. Dizer o que sinto sem procurar ter a razão absoluta ou impor a minha ideia, permite uma partilha sensata de pontos de vista. Ser forte é respeitar o meu ser e os outros.

 

Aceitar o risco. Quando saio da minha zona de conforto, estou a correr sérios (ou não) riscos. Procuro calculá-los na medida do possível através do pesar os prós e contras antes da tomada de decisões. Ser forte é ter ponderação.

 

Viver no hoje. A vida é agora, neste preciso instante. De nada serve permanecer no passado ou temer o futuro incerto. Escolho viver no hoje, no aqui e no agora com as aprendizagens do passado abraçando o futuro. Tomar o tempo necessário para examinar o caminho percorrido e felicitar-me pelas minhas conquistas são etapas importantes no ajustamento da trajetória do meu caminho. Ser forte é saber ser desapegado e vencer os medos.

 

Perdoar. A quem? Em primeira instância a mim própria! Errare humanum est. Quero acreditar que todos são conscientes que o erro é humano e faz parte da aprendizagem. Perdoar as imperfeições dos outros é quasi tarefa fácil. Já experimentou perdoar-se a si próprio? Profundo trabalho de ego garantido. Ser forte é ter a humildade para perdoar-se da mesma forma que o faço com o meu semelhante.

 

Celebrar o sucesso do outro. A inveja é um mal doentio que destrói tudo e todos, inclusive o invejoso/a. Quando cada um sabe o seu lugar, não teme o sucesso do outro. Fica sim verdadeiramente feliz! Ser forte é reconhecer o seu próprio valor sem falsa modéstia ou vaidade.

 

Ser forte é olhar para a vida como um desafio constante.

Ser forte é renascer após o tsunami.

Ser forte é olhar para a solidão como um momento de reencontro com o meu Eu.

Ser forte é ter a consciência de que a responsabilidade da minha felicidade está apenas nas minhas mãos.

Ser forte é manter o ritmo na maratona da vida pois os resultados nem sempre são imediatos.

Ser forte é saber ouvir, ver, cheirar, provar e sentir tudo a minha volta questionando as minhas crenças.

Ser forte é dosear o tempo e a energia com o intuito de tirar o melhor partido das minhas capacidades.

 

Ser forte é simplesmente fazer UM.

texto escrito em 19/06/2015

Deixe um comentário

X